3 de dez de 2014

Hino Órfico a Hermes [Mercúrio]



Ouve-me, Hermes, mensageiro de Zeus, filho de Maia,
com um peito onipotente; Deus dos jogos, regente dos mortais,
benévolo astuciador, emissário Argicida [Argeifontes]
de aladas sandálias, amigo dos homens e profeta da palavra aos mortais,
tu te alegras na ginástica e em ilusões ardilosas, serpentário (5)
intérprete de tudo, fonte dos lucros, alívio de nossos cuidados,
que tem nas mãos a impecável arma da paz;
Corício, venturoso provedor de variado falar,
auxiliador dos trabalhos, amigo dos mortais em necessidade,
terrível arma da linguagem,  venerável entre os homens: (10)
Ouve as minhas preces, e fornece o nobre fim de uma vida
de trabalhos, de gráceis palavras e lembranças.

[Tradução: Rafael Brunhara - http://primeiros-escritos.blogspot.com.br]

Nenhum comentário: