9 de dez de 2014

Hino Órfico a Ares [Marte]



Magnânimo, inconquistável, estrepitoso Marte,
Em dardos e guerras sangrentas se alegra, 
Feroz e indomado, cujo poder magnânimo pode fazer
As paredes mais fortes de suas fundações abalarem:
Destruindo o rei mortal, contaminado com sangue, 
Satisfeito com o pavor e o estrondo tumultuado da guerra:
Tu, com sangue humano, e espadas, e lanças, deleita,
E a ruína terrível da louca luta selvagem.
Fique, furiosa contenda, e luta vingadora,
Cujas obras com desgraça amargam a vida humana;
A adorável Vênus e produção de Baco,
Para Ceres dê as armas do campo;
Incentive a paz, a obras suaves inclinadas.
E nos dê abundância, com a mente benigna.


Tradução Katy de Mattos Frisvold do original em inglês em sacred-texts.com


Nenhum comentário: